quarta-feira, fevereiro 09, 2011

Eu mudei


Eu perdi o senso, eu perdi o intelecto, eu perdi parte da minha razão, só por gostar tanto de alguém como você. Mudei hábitos só para impressionar, mudei maneiras, só para agradar. Dediquei-me a uma única boca, a um único toque, a uma única pessoa. Um alguém que eu nunca pensei gostar tanto assim, um alguém que eu nunca quis para mim, só que agora percebo que estou envolvida demais para dizer-te adeus. Gostar tanto de alguém não é fácil, não para mim, nunca fui de criar laços...
A vida surpreendeu-me, me mostrou, que jamais, em hipótese alguma eu poderia controlá-la, que eu não poderia controlar meus sentidos, e da forma mais rude, trouxe-me um ser completamente defeituoso e fez com que eu o amasse. E eu realmente o amo. Pois, se depender de mim, ficaremos juntos até a eternidade, mesmo que essa palavra não exista... Mas, é com ele que eu quero ficar até que meu coração, por vez, de a sua última pulsada.

"Sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só. Mas, sonho que se sonha junto, é realidade". RaulSeixas.

Um comentário:

  1. Já disse que você escreve muito bem? Pô, lindo *-*

    ResponderExcluir